Um bom design é…

Revista de Avião é cultura. Nessa semana, num dos meus vôos pelo Brasil, deparei com um texto interessante:

BOM DESIGN É INOVADOR
BOM DESIGN TORNA O PRODUTO ÚTIL
BOM DESIGN É ESTÉTICO
BOM DESIGN TORNA O PRODUTO COMPREENSÍVEL
BOM DESIGN É DISCRETO
BOM DESIGN É HONESTO
BOM DESIGN É DURADOURO
BOM DESIGN É MINUCIOSO, ATÉ O ÚLTIMO DETALHE
BOM DESIGN É AMIGO DO MEIO AMBIENTE
BOM DESIGN É O MÍNIMO DESIGN POSSÍVEL

Esses são os 10 princípios de um bom design de Dieter Rams, um designer industrial alemão.

Perguntas:
Isso é aplicável a design de software?
Isso é aplicável a design de websites/UX?
Seus designs seguem esses princípios?

Meus exemplos de bom design: Apple, Porsche, Rails e o corpo da mulher.
Meus exemplos de mau design: Land Rover, JSF e o site da IBM.

About The Author

rodrigoy

Instrutor e Consultor Sênior - ASPERCOM

Deixe sua opinião!

9 Comments

  • Charles

    Reply Reply 23/03/2010

    Corpo de mulher não passa em um dos critérios:

    BOM DESIGN TORNA O PRODUTO COMPREENSÍVEL

    :-PPPP

  • Pô Charles, não 100%, mas as coisas básicas dá para deduzir, não com muita confiança, mas é aí que está a graça do neǵocio… hehehe…

  • Alberto

    Reply Reply 25/03/2010

    KKK, muito bom, comprensível totalmente nunca são…
    E há controversas também quanto a : “BOM DESIGN É DISCRETO”.

    Agora respondendo a perguntas:
    1 – Isso é aplicável a design de software?
    Creio sim, mas alguma regra pode ser quebrada e o design ainda sim continuar bom.

    Isso é aplicável a design de websites/UX?
    Idem a resposta acima, e acrescentando que aqui se tem muitas vezes será normal que duas ou três regras sejam quebradas.

    Seus designs seguem esses princípios?
    Pelos menos alguns deles.

  • Adriano

    Reply Reply 25/03/2010

    Questionamento realmente interessante!

    Eu tenho minhas dúvidas com relação à Inovação. Acho um desafio conciliar o “Inovador” com o “Torna o Produto Compreensível” em UX… usuários não costumam de gostar muito de surpresas… acho importante a interface soar familiar, seguir certos padrões e convenções já bem conhecidas pelos usuários, para “Tornar o Produto Compreensível”, mesmo que tenha que abrir mão da inovação para isso.

    Poucos exemplos vêem à minha cabeça sobre UX onde inovação e usabilidade entram em sintonia. Alguns, na minha opinião, são o sistema de menus do Office 2007 (Ribbon), a maneiro do GMail de agrupar os e-mails em “conversas” – e sua “evolução” no Google Wave.

    []s

  • Seiti

    Reply Reply 30/05/2010

    “Poucos exemplos vêem à minha cabeça sobre UX onde inovação e usabilidade entram em sintonia”

    iPhone OS UI

  • Adriano

    Reply Reply 01/07/2010

    “Apple é exemplo de bom design” conflita com “Bom design é inovador”

    http://gizmodo.com/343641/1960s-braun-products-hold-the-secrets-to-apples-future

  • Good design is felt!
    that’s it.

  • heheh

    Meus exemplos de mau design: […] JSF […].

    Fato!

Leave A Response

* Denotes Required Field