Scrum e OOAD na Scheffer Logística

No mês de fevereiro de 2010 a Aspercom esteve em Ponta Grossa ministrando treinamento para a equipe da Scheffer Logística. Antes de falar sobre o que aconteceu durante os treinamentos, assista ao video abaixo:

Eu realmente creio que modelar e implementar um domínio desses seria a tafera mais divertida do mundo. Projetos de automação como esses são desafiadores, e se você é um aficionado em orientação a objetos deve ter sentido uma vontade irresistível de modelar algumas entidades vendo este vídeo.

O treinamento da Scheffer começou normalmente, mas terminou com uma sessão de modelagem ágil, Domain-Driven Design e práticas de BDD e Design Incremental usando Fitnesse. É bastante comum um treinamento corporativo iniciar como um curso e terminar com pairings e consultoria.

A Scheffer é uma empresa nacional pioneira na tecnologia de transelevadores em armazens automatizados, um setor em franco crescimento. Foi muito interessante conversar com pessoas que trabalham com TI num domínio tão diferente. Um aspecto bastante interessante é que apesar dos métodos ágeis dizerem tanto para “abraçarmos as mudanças”, digo para vocês que existem sim projetos com escopo fixo, aonde o Scrum perde muito do seu brilho, pois usamos iterações exatamente para ter feedback e com isso, mudanças. Um projeto de automação geralmente é direcionado pelo maquinário utilizado, as restrições do escopo da automação e etc… Um cliente que tem um armazém de 20.000 metros quadrados não terá mudanças na sua forma de automação. Geralmente o projeto físico inicial (feito por engenheiros especializados) não muda, e com isso a solução do software também tende a não ter alterações vindas do negócio. Logicamente a Scheffer se beneficiará de iterações, design incremental e outras técnicas aprendidas para limitar seu próprio risco do projeto.

Parabéns a todos da Scheffer!

About The Author

rodrigoy

Instrutor e Consultor Sênior - ASPERCOM

Deixe sua opinião!

Leave A Response

* Denotes Required Field