Kanban e Scrum na CVale

No mes de março estive em Palotina, PR, ministrando treinamentos sobre Scrum e Kanban para um grupo de 40 pessoas da CVale. A CVale é uma cooperativa de produção agropecuária cujo foco principal das suas atividades concentram-se no segmento agroindustrial, com direito a um complexo com capacidade de abater 500 mil frangos por dia.

Com os métodos ágeis tomando o mercado de norte a sul do país, a CVale no desejo de melhorar seus processos adotou práticas do Scrum na sua gestão. Porém, a empresa teve dificuldades com algumas práticas do Scrum, especificamente o Time-boxed Sprint. Como já citei aqui no blog, desde o final de 2008 tenho estudado o paradigma do ciclo contínuo com abordagens Lean e Kanban. Minha linha de estudo está baseada principalmente nos autores Alisson Vale, David J Anderson, Don Reinertsen e Alan Shalloway. No caso da CVale, uma equipe super enxuta de TI atende a diversas unidades de negócio – de uma financeira até uma beneficiadora. E por conta disso, o ritmo das demandas e a dinâmica do negócio não permitem o uso de iterações com escopo fixo, e se as iterações não se cumprem por conta de mudanças constantes usar Time-boxes leva a uma dinimuição da importância dos planejamentos e a uma certa frustração da equipe.

Com isso a Aspercom recomendou um direcionamento da empresa para a filosofia Kanban de fluxo contínuo, limitar Work In Progress e visualização do processo. Logicamente este Kanban está recheado de práticas do Scrum como o uso de um Backlog priorizado pelas áreas usuárias. A equipe também desfruta de uma excelente auto-organização e comunicação intensa.

Estarei escrevendo mais aqui no blog sobre Kanban e abordagens Lean. Sucesso a todos da CVale!

[photopress:DSC01488.JPG,full,pp_image]

About The Author

rodrigoy

Instrutor e Consultor Sênior - ASPERCOM

Deixe sua opinião!

2 Comments

Leave A Response

* Denotes Required Field